Já Conhece O Simulador De Crédito Consolidado Da Reorganiza?

simulador crédito consolidado

A Reorganiza dedica-se ao combate ao sobre endividamento. Todos os dias procuramos reduzir os encargos financeiros dos nossos clientes através da renegociação de créditos ou através da consolidação de créditos. Neste artigo vamos apresentar-lhe o simulador de crédito consolidado da Reorganiza e mostrar-lhe como conseguirá poupar dinheiro todos os dias.

Quem Pode Ter Acesso Ao Crédito Consolidado?

O crédito consolidado é uma ferramenta que está ao dispor de todas as famílias que tenham créditos. Esta ferramenta é particularmente interessante para quem tem créditos de curto prazo (como os cartões de crédito) e crédito habitação (situação em que poderá fazer um crédito consolidado com hipoteca).

Quem Não Pode Ter Crédito Consolidado?

O crédito consolidado é um contrato de crédito novo. Assim, para poder ter um crédito consolidado necessita de:

  • Ter a situação regularizada junto da banca;
  • Não ter incumprimentos;
  • Não ter penhoras;
  • Ter uma taxa de esforço abaixo de 50%.

O Que Posso Ganhar Com O Crédito Consolidado?

O crédito consolidado é muito útil para reduzir as suas prestações financeiras. Por norma é possível reduzir em mais de 50% o valor de todas as suas prestações. Poderá reduzir mais como poderá reduzir menos… tudo dependerá dos créditos que entretanto tenha.

Ao fazer um novo crédito poderá também ganhar a liberdade financeira para cumprir todas as suas responsabilidades e ter algum conforto mensal. O grande objetivo é dar-lhe alguma segurança para que consiga ter uma vida mais tranquila e sem stress. É claro que poderá utilizar a poupança mensal para constituir contas poupança ou para eliminar mais rapidamente os seus vários créditos. O importante é ter disciplina e rigor!

Como Posso Solicitar O Meu Crédito Consolidado?

Para pedir o seu crédito consolidado necessitará de fazer a simulação da sua nova prestação utilizando o simulador de crédito consolidado da Reorganiza. De seguida, ser-lhe-á pedido o seu mapa de responsabilidades do Banco de Portugal e o seu último IRS para um diagnóstico rápido. O nosso compromisso será que seja contactado num prazo máximo de 48 horas após recebermos os seus documentos para que lhe mostremos os próximos passos a seguir. Fácil?

Poderá ler também este artigo no Tumblr, Blogger e Sapo.

Anúncios
Já Conhece O Simulador De Crédito Consolidado Da Reorganiza?

O Crédito Consolidado é Perigoso?

credito consolidado

Por vezes somos confrontados com algumas críticas ao crédito consolidado. Muitos pensam que o crédito consolidado é muito perigoso e que acabamos por pagar mais dinheiro ao longo de todo o contrato. Será que é verdade?

O Crédito Consolidado É Uma Ferramenta Ao Seu Dispor

Antes de lhe darmos a nossa opinião sobre o crédito consolidado importa que tenhamos em conta que esta ferramenta de crédito é uma ferramenta que está ao dispor dos consumidores que tenham créditos. Como qualquer ferramenta, deve ser analisada com cautela e utilizado com regras e com rigor. Caso contrário, poderemos ser confrontados com situações difíceis de corrigir.

O Crédito Consolidado Permite Poupar Dinheiro?

Sim. Ao utilizar o crédito consolidado estará a reduzir os seus encargos mensais. E fá-lo não só com o aumento do prazo mas também com a redução da taxa média dos seus encargos. E se o preço é mais baixo, significa que irá poupar.

Como Poupar Mais Dinheiro Com O Crédito Consolidado

As pessoas utilizam o crédito consolidado para reduzir as suas prestações. Infelizmente, a redução das prestações não se traduz na constituição de contas poupança mas antes no “desvio” de liquidez para consumir noutros lados. Se aproveitar a totalidade ou parte da poupança mensal para fazer depósitos a prazo irá acumular bastante dinheiro que irá render juros todos os meses.

Como Ter Acesso Ao Crédito Consolidado?

Para ter acesso ao crédito consolidado e para começar a poupar desde já sugerimos que preencha o simulador de crédito consolidado da Reorganiza e simule o valor da sua prestação mensal. Poderá depois ser contactado para recolher mais dados… e tudo sem custos de análise.

Poderá ler também este artigo no Tumblr, Blogger e Sapo.

O Crédito Consolidado é Perigoso?

Será que a conta ordenado vale a pena?

conta ordenado

Os bancos incentivam à abertura de uma conta ordenado à generalidade dos seus clientes. Será por acaso? Ou melhor, por que é que isso acontece? Neste artigo iremos alertar para as vantagens e desvantagens da conta ordenado.

O que é uma conta ordenado

A conta ordenado não é apenas a conta onde recebemos o nosso vencimento da entidade patronal. Para termos uma conta ordenado teremos de ter uma categorização de salário por parte da nossa entidade patronal, para alertar o banco de que aquela transferência corresponde ao pagamento do seu salário.

Quais as vantagens da conta ordenado

A conta ordenado tem um conjunto de vantagens e de características que importa conhecer. A principal característica é a isenção de algumas comissões (como a comissão de manutenção de conta ou a comissão de transferência bancária, isento em alguns bancos). Poderá ainda dar outro tipo de benefícios como sendo descontos no spread do crédito habitação ou do crédito pessoal ou mesmo a redução do custo do prémio de seguro e uma taxa mais atrativa nas suas contas poupança.

O que é o descoberto autorizado

Toda a conta ordenado tem a possibilidade de ter associado um descoberto bancário autorizado, sendo que a prática mais comum é a atribuição de um plafond de 1 salário. Este descoberto implica que o cliente não paga comissão de descoberto bancário e dá-lhe a liberdade de utilizar o dinheiro quando e como quiser. A contrapartida passa por liquidar parte ou a totalidade do montante em dívida no momento em que recebe o seu salário. Na prática, funciona como uma conta corrente.

Qual o principal risco da conta ordenado

O descoberto autorizado é um crédito de muito curto prazo e poderá ter associadas taxas de juro que se equiparam às taxas de juro dos cartões de crédito. Se associarmos o valor das taxas de juro ao convite ao consumo facilmente percebemos que esta é uma das facilidades bancárias que mais problemas financeiros gera. Aliás, a grande maioria dos clientes que recorrem à Reorganiza têm uma dívida de conta ordenado (e depois é muito difícil mostrar que deve acabar rapidamente com o descoberto e cancelá-lo).

O que deve fazer?

Tendo certo as vantagens e o risco da conta ordenado sugerimos que faça uma conta ordenado mas que não aceite que lhe seja atribuído um descoberto bancário autorizado. Se precisar de ter um plafond disponível para emergências poderá, em última análise, solicitar um cartão de crédito. No entanto, sugerimos sempre que procure acumular pelo menos €1.000 para fazer face a imprevistos de muito curto prazo. Assim evita colocar o pé no campo do sobre endividamento e ter de vir precisar de um crédito consolidado!

Poderá ler também este artigo no Tumblr, Blogger e Sapo.

Será que a conta ordenado vale a pena?

A Banca Está a Mudar

restruturacao da banca

A Banca Está a Mudar

Nos últimos meses temos visto diversas referências a reestruturações e alterações estratégicas no setor financeiro. Vimos bancos a vender as suas operações. Outros anunciaram querer sair do país. A generalidade da banca tradicional tem desenvolvido programas de reestruturação e de despedimento que ainda não acabaram (aliás, espera-se que venham a ser reforçados nos próximos meses).

Os Bancos Fecharam A Torneira Do Crédito…

Neste contexto de reestruturação, muitas pessoas vão para o desemprego e são forçadas a mudar de vida (dificilmente voltarão a encontrar emprego na banca). Não é de estranhar. A banca passou por anos de grande instabilidade. Depois de conceder muito crédito foi forçada a “fechar a torneira” e a cortar custos, resultando em vários anos de prejuízos.

Mas Querem Agora Focar-Se Em Clientes Com Elevado Património Financeiro

A nova estratégia do setor financeiro tradicional está agora focada nos clientes com maiores níveis de rendimento e com património mais elevado. Como uma manada, o “mass market” é agora relegado para segundo plano, passando o foco para a cobrança de comissões.

Depois de vários anos de contração do crédito, contudo, os bancos estão agora a ganhar mais confiança. Começam pelo crédito habitação (promovendo uma queda expressiva dos spreads) e por outros créditos com garantia (por exemplo, o crédito automóvel). O crédito pessoal também está a recuperar, embora não sendo assim tão fácil de obter como se pensa.

De notar que esta maior abertura não se deve traduzir necessariamente na aceitação do crédito. Ou seja, as famílias deverão avaliar claramente as suas possibilidades e perceber que o recurso ao crédito não deve voltar a ser o motor do seu consumo. Pelo contrário, é preciso encontrar estratégias para poupar dinheiro de modo a acabar rapidamente com os créditos.

Temos De Manter A Prudência E Poupar

É altura de apelar à prudência e a uma continuação de reestruturação dos orçamentos familiares, sempre cientes de que os tempos de vacas magras que atravessamos não irão durar para sempre. Percebamos que seremos nós, as famílias, que temos de dar o exemplo, assumindo uma postura de exigência que levará (esperemos) a uma alteração da estrutura da sociedade.

Poderá ler também este artigo no Tumblr, Blogger e Sapo.

A Banca Está a Mudar

O Vale Tudo No Setor Automóvel

O Dinheiro Não É Tudo

O Dinheiro Não É Tudo

Há muito tempo que a indústria automóvel não era abalada de forma tão significativa com um escândalo como o que assistimos com a Volkswagen. É verdade que não foi só na Volkswagen e também é verdade que não são todos iguais, mas este esquema descoberto (fortuitamente) revela o pior do abuso da força deste tipo de agentes do mercado. Esta fraude evidencia comportamentos humanos que nos devem levar a refletir:

  1. Para ser melhor do que os outros tem de se aldrabar
  2. O bem individual é mais importante que o bem comum.

Ganhar Dinheiro Não É Tudo

Por entre muitos argumentos que expliquem o sucedido, a verdade é que esta fraude tinha como objetivo vender mais, fosse a que custo fosse. Repare que estes automóveis entraram no mercado com uma carga fiscal mais reduzidas por (supostamente) cumprirem os níveis mínimos de emissão de gases.

Claro que quem não conseguia ter tecnologia que permitisse aos seus motores poluir tão pouco teria maiores encargos e, em alguns casos, não poderiam mesmo entrar no mercado. Por isso, a solução “ótima” para estes senhores era falsear o sistema! Quanto à preocupação com o bem comum também tem muito que se lhe diga. Para quem fez esta fraude, claramente que a sua preocupação era aumentar os seus lucros, mesmo que tal implique prejudicar o planeta e faltar à confiança dos outros.

É realmente de lamentar que a procura pela maximização de lucro (visível em todos os investidores de mercado) leve as alguns a pensar que vale tudo. A verdade é que não vale tudo e o mundo caminhará tanto mais para a frente quanto mais depressa percebermos que na procura do bem comum todos ganhamos mais.

O Que Nos Diz Tudo Isto Para a Nossa Vida Financeira?

O dinheiro não é tudo na vida. Podemos querer poupar dinheiro para sermos ricos ou para darmos a segurança financeira à nossa família. Ganhar dinheiro é uma forma de podermos garantir que conseguimos realizar alguns dos nossos sonhos mas isso não implica que o dinheiro seja um fim em si mesmo.

Falando diretamente das nossas finanças pessoais, deveremos ter sempre em atenção o futuro. Por exemplo, poderá fazer sentido seguir algumas dicas de como poupar dinheiro para podermos constituir um PPR. Ou para acabar mais rapidamente com os nossos créditos.

Poderá também ler este artigo no Blogger, Tumblr e Sapo.

O Vale Tudo No Setor Automóvel