Entusiasmos de ano novo

poupanca-reorganiza-2016

É típico iniciarmos o ano com propósitos para tornar a nossa vida um pouco e mais equilibrada. A esse nível são muitas as pessoas que tomam a resolução de iniciar uma poupança. Há quem recorra ao mealheiro, outros a depósitos a prazo ou ainda há aqueles que decidem investir em produtos de maior risco para retirar maior rentabilidade.

Tenha cuidado com as suas contas poupança

Se este é o seu caso é importante cumprir regras básicas para investir com sucesso.

1) Deve investir dinheiro que não seja do seu fundo de emergência (este fundo deve representar um valor idêntico a 3-6 meses dos gastos mensais).

2) Para investir tenha objetivos definidos: qual o máximo de rentabilidade ou de perda que está disposto a assumir? Qual o horizonte temporal? e conheça o seu perfil de investidor.

Qual o seu perfil de investidor?

Pode ser do perfil conservador (avesso ao risco), moderado (assume algum risco e reage bem a ligeiras alterações de valor) ou agressivo (prefere maior rentabilidade ao conforto).

3) Por fim, invista apenas naquilo que conhece. Temos assistido a vários casos de clientes que culpam os bancos por terem subscrito determinados produtos financeiros que desconheciam o risco. Se é da responsabilidade dos bancos, é possível que venham a ser responsabilizados judicialmente.

Mas muitas vezes são os próprios clientes que não só não percebem como não têm “pachorra” para ler todas as características dos produtos que estão a subscrever. Estes entusiasmos podem levar à bancarrota. Se tem vontade e disponibilidade para investir procure aconselhamento e não se demita da responsabilidade de conhecer a fundo onde está a aplicar o seu rendimento.

Como escolher uma conta poupança?

Nem todas as contas poupança são iguais, pelo que sugerimos que tenha em atenção algumas regras, que acabam por ir ao encontro do que já foi referido acima, se o seu objetivo for ganhar ou poupar dinheiro.

Conheça os riscos, conheça todas as regras e enquadre este investimento na sua carteira e no seu orçamento familiar.

Para mais detalhes sugerimos que siga esta ligação que irá ajudá-lo no seu esforço de poupança.

Pode ler este e outros artigos de interesse no Tumblr, Blogger ou Sapo.

Anúncios
Entusiasmos de ano novo

Um livro para poupar dinheiro

livro-reorganiza-poupança

Começa o ano e talvez seja altura de recomendarmos um livro essencial para que possa poupar dinheiro todos os meses. Focamo-nos na Reorganiza na redução de prestações com créditos, pelo que o livro que recomendamos é focado exatamente neste campo.

Como acabar com as dívidas?

O Livro “Como Acabar com as Dívidas” foi escrito por dois sócios da Reorganiza e foca a sua atenção em estratégias para reduzir as suas prestações com créditos. Explora, entre outras estratégias:

Crédito Consolidado – Onde lhe explicamos como pode reduzir os seus encargos juntando todos os créditos num único. Mais do que explicar como, explicamos porquê e quais as potencialidades desta alternativa.

Renegociação de Créditos – Uma alternativa onde a Reorganiza tem assumido um papel de relevo junto das famílias portuguesas. Mostramos estratégias para negociar com os bancos e para conseguir reduzir as suas prestações. O foco é, naturalmente, contribuir para que possa poupar dinheiro todos os meses para liquidar antecipadamente todos os seus créditos.

E como não voltar a cair no problema?

O livro proposto mostra-lhe diversas estratégias e formas para controlar o seu dinheiro de modo que não volte a cair no problema. Isto porque a memória é curta e tendemos a esquecer-nos do que nos levou a cair no problema do excesso de endividamento.

Como começar?

Sugerimos que leia o livro e que procure aprofundar um pouco nas estratégias que exploramos. De seguida, poderá consultar-nos para procurar alternativas e para que o ajudemos a poupar dinheiro com os seus créditos. Já reparou? Depois de começar a poupar dinheiro com créditos é tempo para constituir uma conta poupança ou um PPR para se acautelar em relação ao futuro. Não sabemos o que esperar do futuro pelo que nunca é demais assumir uma postura de prudência, isto porque o “seguro morreu de velho”.

Poderá ler esta e outras notícias da Reorganiza no Tumblr, Sapo e Blogger.

Um livro para poupar dinheiro